Se você está planejando vir para a Austrália, talvez você já tenha parado para pensar como seria achar o amor da sua vida do outro lado do mundo… E é claro que na nossa imaginação esta pessoa seria como o Chris Hemsworth e você o conheceria em uma praia paradisíaca, de areia branca e repleta de cangurus. É bom sonhar, mas se apaixonar por alguém de uma cultura diferente pode ser um pouco diferente.

Para começar quando você viaja as suas emoções ficam mais intensas. O seu corpo libera endorfina (também conhecida como homônimo da felicidade) quando você conhece lugares e coisas novas. Por isso, você já estará de ótimo humor, e se você adicionar algumas cervejas e uma boa balada, você vai acabar achando um cara loiro maravilhoso. Ai quando você chegar perto dele vai se sentir atraída por ele, como se você estivesse em uma propaganda de desodorante…. Depois de uns vinte minutos tentando ter uma conversa em inglês (e depois de perceber que seu nível de inglês é na verdade mais do que básico….), você vai acabar percebendo que já está atraída por ele.

Caso vocês queiram se ver de novo a luz do dia e sem cerveja, você talvez passe por duas situações: o que você estava pensando quando aceitou sair com esse cara de novo?!?! Ou, que você realmente está apaixonada por ele (a endorfina já trabalhou no seu cérebro, estabelecendo a conexão entre Romeo e o seu senso de felicidade). Este é o momento ideal para você pensar se realmente quer se envolver neste relacionamento, ou prefere seguir com a sua vida em frente.

A primeira coisa para se levar em consideração é o que acontecerá se ambos se apaixonarem? Se vocês realmente decidirem ficar juntos, lembre-se que vocês terão que viver um relacionamento a distância ou um dois terá que se mudar permanente para o país do outro. Mas tudo isso vale a pena somente se você tiver a sorte de achar alguém queira ter um relacionamento sério, pois muitas vezes homens estão atrás apenas de curtição. Alguns caras escolhem garotas que são de outros países pois, quando elas voltam para casa eles podem fazer o que bem quiserem. Acredite, esta situação é bem comum.

Mesmo se você achar um Casanova ou Prince, a verdade é que isso vai ocupar grande parte do seu tempo. Você vai querer passar a maior parte do tempo com ele (tempo que você deveria usar para estudar e conhecer o pais) e no final você pode acabar frustrada e arrependida. Então o meu conselho é: no começo tente agir racionalmente, e tome ações com consciência em relação ao que você realmente quer da sua viagem e não saia por ai procurando por um amor. Mas se ele bater na sua porta, aproveite o máximo que você conseguir!

Minha experiência pessoal?! A primeira vez eu acabei quebrando o coração de alguém, a segunda vez alguém quebrou o meu coração. E a terceira vez?! Na terceira vez eu ganhei o meu maravilhoso marido australiano!